Aprender a gerir o calor do Verão

 

A nossa capacidade de fazer uma boa gestão do calor das estações mais quentes está relacionado com 3 aspectos.

  • Qualidade da sua circulação
  • Quantidade estagnação que tem no seu sistema
  • Níveis de inflamação referentes à sua condição

Qualidade da sua circulação

Pode relacionar-se a má circulação apenas com quando o tempo está frio, mas a capacidade do corpo se manter fresco está relacionado também com a circulação.

O factor comum é o coração e a capacidade de no inverno ele conseguir bombear o sangue até às extremidades, mas no verão o sangue também deve ser trazido às extremidades e à superfície para poder arrefecer os orgãos internos.

Quantidade estagnação que temos no nosso sistema

Estagnação está relacionada com a falta de movimento. Quer interno quer externo, quando o coração está enfraquecido e não bombeia o necessário o corpo começa a acumular toxinas e estas criam mais calor.

Níveis de inflamação

Má circulação leva a estagnação que por sua vez começa a criar níveis tóxicos elevados no sistema, que se transformam em inflamação aguda ou crónica. A sua percepção do calor está relacionada com os níveis de inflamação do seu corpo. Mais inflamado mais mais calor, menos inflamado mais regulado e adaptado.

Protocolos

Não existem, no entanto existem alguns princípios que quando observadas podem melhorar significativamente a nossa qualidade de vida no verão.

  • Hábitos de vida
  • Alimentação
  • Movimento

A lista pode ser extensa, mas selecionei algumas que partilho abaixo

Hábitos de vida

O anti inflamatório mais barato do mercado é o sono. A qualidade do mesmo e essencial. Mas para além do sono, 20 a 30 minutos de repouso após o almoço, que pode ou não descambar numa bela sesta podem baixar consideravelmente os níveis de calor. Se não tem 20 minutos faça 10 mas de forma consistente. Esta é uma prática simples, milenar e gratuita.

Alimentação

Refrigerantes, Gelados, Bolas de Berlim e Cerveja não são o melhor que pode oferecer ao seu corpo nesta época, se o seu objectivo é mante-lo fresco. Um ponto em comum nestes alimentos: O Açúcar é talvez o inflamatório mais barato do mercado.

Tradicionalmente o chá quente de menta fresca faz maravilhas, quando os níveis de inflamação são altos eu recomendo 50% de Menta com 30% de Dente de Leão, fresco ou seco.

Melhor que qualquer dica alimentar é comer de forma frugal, o verão oferece-nos uma quantidade de vegetais e alguns frutos que são de sabor tendencialmente amargo e que ajudam a fazer uma melhor gestão do calor.

Alguns dos alimentos que recomendamos no Livro Regenerar.

  • Alface
  • Cevada tostada
  • Alface-roxa
  • Alface-romanesca
  • Chicória
  • Alfafa
  • Aipo
  • Folhas de rabanete
  • Centeio
  • Millet glutinoso
  • Amarante Açafrão
  • Folhas de dente-de-leão
  • Sementes de sésamo
  • Chá verde
  • Pasta de sésamo
  • Polenta
  • Cuscuz de milho

Coma em pequenas quantidades e lembre-se que existe uma proximidade no cérebro entre as áreas responsáveis pela fome e pela sede e no verão é provável que o desconforto que sente seja sede. Mantenha-se hidratado com água ou chá de menta, o sono em dia e provavelmente vai descobrir que a fome afinal é outra coisa.

Utilize na sua garrafa de água meia a uma colher de chá mal cheia de sal marinho integral (por um litro de água) com cascas de limão e/ou menta fresca, para manter os sais minerais a um nível saudável.

Retire o sal de má qualidade, prefira o marinho integral ou flor de sal, elimine ou reduza até onde conseguir a proteína animal especialmente nos dias mais quentes.

Prefira os alimentos no vapor, escaldados, salteados, e crus como base da sua alimentação.

Movimento

Existe aqui um paradoxo em algumas cabeças de que: "então se está calor se me mover aqueço mais?"

Duas questões?

  • A que horas se move?
  • O que escolhe como prática de movimento?

Hora

As melhores horas para ter uma prática de movimento são de manhã pouco depois do sol nascer.

Activa a circulação, remove a inflamação e isso por si só ajuda a melhorar consideravelmente os níveis na inflamação das articulações e dos órgãos internos.

As práticas

Práticas que movimentem. mas não criem exaustão, até porque temos o dia todo pela frente.

As Práticas de Fortalecimento Interno tem algumas opções, não tem que ser Chi Kung, Pode ser Ioga, Tai chi, Pilates, aquilo que lhe nutrir o coração e lhe trouxer felicidade em praticar.

Deve no entanto deixar que a transpiração surja de forma moderada, como uma segunda camada muito fina à superfície da pele.

Para que não só active os poros, mas para refrescar também.

No vídeo acima deixo uma prática que tem pelo nome: Baixar a cabeça para elimina calor do Coração e que pode introduzir na sua rotina se achar contextual. Remove calor interno e pacifica o coração e acalma a mente. Na dosagem de 12 x para cada um dos lados.

Pode realizar ao longo do dia entre pausas de estar sentado ou de condução.

Se desejar saber mais sobre estas práticas existe informação no final deste artigo sobre o novo bloco de aulas de Fortalecimento Interno dedicadas ao verão.

Em resumo

A capacidade de fazer uma boa gestão do calor não está relacionada com comprar um melhor ar condicionado, beber bebidas mais frias, ou mudarmo-nos para locais mais frescos.

Se estas condições podem ajudar é em última instância a manutenção de um clima interno fresco e equilibrado que pode fazer a diferença.

Se a temperatura do planeta aumentou nestes últimos anos a níveis até agora nunca experimentados, também é uma verdade que a temperatura interna humana devido aos hábitos de vida, comportamentos tendencialmente sedentários e um consumo nunca observado até aqui de alimentos processados ricos em quantidade industriais de ingredientes que criam uma escalada descontrolada da inflamação no corpo humano.

Provocando um aquecimento global interno físico e emocional.

E se pode ser avassalador pensar como podemos reduzir o aquecimento ambiental, podemos sempre dar um primeiro passo de cuidar do nosso ecossistema e biodiversidade interna.

Alinhando-nos com as estações do ano quer física quer emocionalmente.

Obrigado pela vossa prática

Lourenço de Azevedo

Práticas

O novo programa de aulas de Fortalecimento Interno Regenerar vai acontecer na época mais quente do ano e por isso vamos estudar recursos para que quando o dia começa às 7:30 possa começar a cuidar de si, para poder ter uma presença e participação diferente nos afazeres do seu dia.

Mais informações aqui.

Se achar que este artigo faz sentido para si partilhe com quem poderá apreciar.

 

 

Conheça as propostas de regeneração pessoal que temos para si

Saber mais

Subscreva e receba durante 15 dias o nosso programa de regeneração pessoal

Entregue directamente na sua caixa de correio.